O QUE ACHAMOS DE :: ANNABELLE: A CRIAÇÃO DO MAL

Vinte anos após a trágica morte da filha, um criador de bonecas e sua mulher recebem uma freira e algumas garotas de um orfanato para ficarem em sua casa, que logo acaba se tornando o alvo de uma boneca possuída pelo mal.

Três anos após o primeiro filme de “Annabelle”, que sabemos foi um fracasso total nas bilheterias e que nos mostrou todo o inicio do universo da boneca, temos agora um novo filme: Annabelle: A Criação do Mal”, contanto novamente o “início” dela, o seu surgimento.

 Samuel e Esther (Anthony LaPaglia e Miranda Otto) perdem sua filha de 7 anos em um trágico acidente. A perda da morte dela perdura nos dois, tornando Samuel uma pessoa fria apesar de ainda haver bondade em seus olhos, a sua esposa vive trancada em um quarto, ela sofreu um sério problema e vive escondida de todos. Mas mesmo assim decidem, após 12 anos da morte de Bee acolher seis garotas e sua cuidadora, a irmã Charlotte (Stephanie Sigman). Elas vão para lá após o orfanato em que viviam ter sido fechado, a idade entre elas variam entre 7 e 17 anos. As mais jovens Linda (Lulu Wilson) e Janice (Talitha Batema) que tem uma deficiência devido à poliomielite, são bem próximas, se dominam irmãs e anseiam muito em serem adotadas juntas.

A casa é situada em um lugar bem afastado, porém é grande com vários cômodos, fazendo a alegria das meninas, porém logo já sentem algo de estranho de ar. Samuel é gentil com todas, mas vive mal humorado e as garotas o temem e ficam se perguntando o que há de errado com a mulher dele, já que ela não sai do quarto e a todo instante que ela necessita de algo, ela toca um pequeno sino fazendo Samuel ir até ela.

Assim como toda criança em um lugar novo, elas têm curiosidade sobre o novo lar e uma enorme vontade de explorar tudo. Enquanto as meninas fazem a exploração da nova casa, Janice descobre um quarto, mas Samuel logo aparece dizendo a ela que aquela porta está trancada e nunca deverá ser aberta. À noite, Janice ouve barulhos estranhos e se aproxima da porta para investigar e logo descobre que está aberta. Ela entra e encontra uma estranha boneca de porcelana sentada em uma cadeira dentro de um closet onde as paredes estão cobertas com paginas da bíblia. Infelizmente após esse ato ela praticamente acorda o demônio que reside na boneca e o que é surpreendente é o quão avançado e agressivo é o demônio em perseguir a alma que tanto precisa para finalmente ser livre da boneca.


Linda (Lulu Wilson) conseguiu se destacar muito bem em seu segundo filme de horror, ela fez Ouija: A Origem do Mal. Ela é extraordinária e encanta o público, especialmente porque ela é a única que grita: “Quem se importa?” Corra!!”em momentos onde os outros personagens estão sem saber o que fazerem em algumas partes assustadoras em que deveriam correr. Janice (Talitha Batema) faz você ficar horrorizado, o seu olhar convence como uma possuída e sua atuação para uma criança está perfeita.
Annabelle: A Criação do Mal é um pouco lento no começo, uma vez que as coisas estranhas começam a acontecer em volta da casa, elas aumentam rapidamente e simplesmente não param mais. É incrível o quão intenso, suspense e horrível são os sustos neste filme, cada um mais surpreendente do que o outro. Há certas incertezas, partes onde deveria te dar medo, mas você acaba rindo com a situação. O demônio não deixa duvidas do que ele realmente quer, persegue tudo e todo mundo, é uma força extremamente maligna que não segue regras.


Para a surpresa de todos, o filme evita explicar a sua origem até o terceiro ato do filme. Mas você não precisa saber como e nem por que a boneca estava possuída para ter pavor dessa presença demoníaca. Você sabe para que você foi ao cinema, o filme se beneficia de não contar isso até chegar a hora dos personagens entenderem de onde a boneca veio. Mas o mais importante é que este é um tremendo suspense, assustador e superior ao primeiro filme, e essa é uma ótima notícia para os fãs do universo cinematográfico de “A Invocação do Mal”, já que Annabelle tem várias referências com ele.

Título Original: Annabelle: Creation
Duração: 1h 49 min
Descrição: Horror, mistério, thriller
Diretor: David F. Sandberg
Data de Estreia: 17 de agosto de 2017

Elenco:
Stephanie Sigman / Irmã Charlotte
Talitha Bateman / Janice
Lulu Wilson / Linda
Miranda Otto / Esther Mullins
Anthony LaPaglia / Samuel Mullins
Grace Fulton / Carol
Samara Lee / Bee Mullins                                               
Philippa Coulthard / Nancy
Kerry O'Malley / Sharon Higgins
Brian Howe / Pete Higgins
Brad Greenquist / Victor Palmeri
Tayler Buck / Kate
Mark Bramhall / Padre Massey



Share on Google Plus

About Dani Baquette

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.

0 comentários :

Postar um comentário