REDAÇÃO :: Indicamos cinco filmes para ver no Dia do Cinema Brasileiro

Dia 19 de junho é comemorado o Dia do Cinema Brasileiro. Essa data foi escolhida porque foi neste dia em 1898 que o italiano Alfonso Segreto fez a primeira filmagem em terra brasileira, mais especificamente na Baía de Guanabara, no Rio de Janeiro. Para homenagear essa grande data, a nossa equipe indicou cinco filmes brasileiros para assistir!

O Auto da Compadecida – 2000
No sertão da Paraíba, João Grilo e Chicó, preparam inúmeros planos para conseguir dinheiro. Com isso, provocam confusões armadas pela esperteza de João Grilo, sempre em parceria com Chicó, mas a chegada da bela Rosinha, filha de Antonio Moraes, desperta a paixão de Chicó. Os planos da dupla, que envolvem o casamento entre Chicó e Rosinha e a posse de uma porca de barro recheada de dinheiro, são interrompidos pela chegada do cangaceiro Severino e a morte de João Grilo. Todos os mortos reencontram-se no Juízo Final.
Nada melhor que uma boa e clássica comédia para comemorar esse, não é? Os incríveis Selton Mello e Matheus Nachtergaele estão impecáveis e engraçadíssimos neste longa cheio de história pra contar.
#DicadaMah


Tropa de Elite – 2007
Conta o dia-a-dia do grupo de policiais e de um capitão do BOPE, Capitão Nascimento, que quer deixar a corporação e tenta encontrar um substituto para seu posto. Paralelamente dois amigos de infância se tornam policiais e se destacam pela honestidade e honra ao realizar suas funções, se indignando com a corrupção existente no batalhão em que atuam.
Esse clássico do cinema brasileiro mostra as grandes favelas do Rio de Janeiro e a luta contra o tráfico. Tem como protagonista o grande ator Wagner Moura, que tem destaque como capitão Nascimento.
#DicadoMarcos



Colegas – 2013
Stallone, Aninha e Márcio eram grandes amigos e viviam juntos em um instituto para portadores da Síndrome de Down. Um belo dia, surge a ideia de sair dali para realizar o sonho individual de cada um e inspirados pelos inúmeros filmes que já tinham assistido, eles roubam o carro do jardineiro e fogem de lá. A polícia não gosta dessa "brincadeira" e para resolver o problema, coloca dois policiais trapalhões no encalço dos jovens.
Considerado comédia dramática, esse longa traz um grande ensinamento sobre preconceito. De forma linda e com outros olhos, mostra a vida de pessoas que nasceram com síndrome de down.
#DicadoLeo


Que Horas Ela Volta? – 2015
Depois de deixar a filha no interior de Pernambuco e passar 13 anos como babá do menino Fabinho em São Paulo, Val convive com a culpa por não ter criado sua filha Jéssica. Às vésperas do vestibular do menino ela recebe um telefonema da filha que quer apoio para ir a São Paulo prestar vestibular. Val prepara a vinda da filha, apoiada por seus patrões. Mas quando Jéssica chega, a convivência é difícil. Ela não age dentro do protocolo esperado, o que gera tensão dentro da casa. Todos serão atingidos pela autenticidade de sua personalidade.
Esse drama veio para quebrar padrões na sociedade brasileira. Jéssica não se vê com menos direitos do que os outros só por ser filha da empregada. Este filme venceu diversos prêmios ao redor do mundo, entre eles o Festival de Berlim.
#DicadaBruna


O Rastro – 2017
João Rocha, um jovem e talentoso médico em ascensão, acaba encarregado de uma tarefa ingrata: supervisionar a transferência de pacientes quando um hospital público da cidade do Rio de Janeiro é fechado por falta de verba. Quando tudo parece correr dentro da normalidade, uma das pacientes, criança, desaparece no meio da noite, levando João para uma jornada num mundo obscuro e perigoso.
Este terror é surpreendente e foge do tradicional nacional. Vale a pena conferir a inovação dessa grande produção brasileira.
#DicadaDani


Share on Google Plus

About Mariana Valverde

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.

0 comentários :

Postar um comentário