PO CURIOSIDADES :: 9 Curiosidades Sobre 'A Múmia' (1999)

Lançado em 1999, 'A Múmia' é um filme baseado em um terror de 1932 de mesmo nome. A trama se passa em 1926. Um grupo de arqueologistas descobre uma tumba na cidade perdida de Hamunaptra. Dentro da tumba é encontrado o corpo de Imhotep (Arnold Vosloo), o sacerdote do Faraó Seti (Aharon Ipalé), que foi mumificado vivo além de ter recebido a mais terrível das maldições por ter dormido com a amante do faraó e, movido por ciúme doentio e amor, ter matado o Faraó. No entanto, quando um dos membros da expedição lê um manuscrito que foi encontrado pelo grupo e traz Imhotep de volta vida, ele ressurge cheio de ódio e só pensa em reencontrar sua amada e destruir todos que cruzem o seu caminho, trazendo consigo as dez pragas do Egito.

Estrelado por Brendam Fraser e Rachel Weisz nos papeis principaís, o filme se tornou um sucesso de crítica e público tendo ganhado mais duas sequência. Em 2017, a franquia ira receber um reboot contando toda uma nova história. Para celebrar o clássico, o Parada Obrigatória traz 10 curiosidades sobre 'A Múmia' de 1999 que (talvez) você não saiba:

- No primeiro roteiro, a história do filme giraria em torno da cabeça de um museu de arte contemporânea que se revela cultista e tenta reanimar múmias no local. Pretendia-se ser um terror de baixo orçamento. O projeto foi deixado de lado.

- Segundo a história, Imhotep, o vilão do filme, realmente existiu. Entretanto, não foi um grande imperador. Na verdade, foi o arquiteto responsavel em desenvolver as primeira pirâmides no antigo Egito. Seu nome significa "aquele que vem em paz'

- Algumas cenas foram filmadas no deserto do Sahara. Para se proteger da desidratação devido ao forte calor, a equipe médica da produção criou uma bebida que todos deveriam consumir a cada duas horas. Além disso, tiveram que infrentar problemas naturais como as constantes tempestades de areia e a aparição surpresa de serpestes, aranhas e escorpiões. Alguns membro da equipe acaram sendo picados por estes animais,

- Durante a cena em que Rick O'Connel, interpretado por Bredan Fraser, é inforcado, o ator acabou tendo uma parada respiratória de verdade. Sua parceira no filme Rachel Weisz confirmou em entrevistas que: "Ele [Fraser] parou de respirar e teve que ser ressuscitado".

- De todo o orçamento disponibilizado para a realização do filme, US$ 20 milhões foram reservados para os efeitos especiais. Porém, algumas cenas utilizaram de recursos práticos como no momento em que Evelyn (Rachel) é coberta por ratos e gafanhotos. Os animais eram reais naquele momento.

- Durante a cena em que Imhotep cria uma tempestade de areia no deserto, o movimento de camera teve que ser rapido porque a máquina de vento utilizada soprava muito forte a capa utilizada pelo ator Arnold Vosloo e acabava expondo seu bumbum.

- John Hannah, que interpretou Jonathan Carnahan, acabou torcendo o pulso durante as gravações e por isso vemos seu personagem usando uma faixa nas cenas finais.

- A cena em que ocorre a destruição da biblioteca foi toda gravada de uma vez. Caso algum erro acontecesse, seria necessário um dia inteiro para recriar todo o cenário.

- De acordo com o Stephen Sommers, diretor do primeiro filme, um dia após o lançamento nos cinemas, a Universal o telefonou pela manhã e disse: "Precisamos de outro".
Share on Google Plus

About Leonardo Marques

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.

0 comentários :

Postar um comentário