POR ONDE ANDA :: Lynda Carter, a primeira Mulher-Maravilha

Nascida em 24 de julho de 1951, Lynda Carter sempre se destacou por sua beleza em seus tempos de escola. Sonhando em ser cantora, integrou diversas bandas de rock na adolescência, mas nenhuma atingiu o sucesso. Até que com 21 anos, em 1972, foi eleita a Miss Mundo EUA, ganhando o destaque que sempre quis em todo o país. Entretanto, deixou a música e deu inicio a aulas de interpretação. Chegou a fazer algumas participações em TV até que sua vida mudou ao ser escolhida para dar vida a heroína Mulher-Maravilha em sua própria série de TV.

Na verdade, a rede ABC desejava que outra atriz interpreta-se o papel. Mas os produtores não aceitaram e bateram o pé, deixando o papel para Carter. Lançado em novembro de 1975, o telefilme foi um tremendo sucesso de público fazendo com que a emissora encomenda-se a série. Apesar da boa audiência, a emissora cancelou o programa após a primeira temporada para poder investir mais em outras produções. Com isso, a rede CBS comprou os direitos produzindo mais duas temporadas chegando ao seu cancelamento em 1979.

Seu trabalho foi tão marcante que nunca mais conseguiu se desvincular da personagem. Tentou alguns outros trabalhos, mas sem sucesso. Protagonizou a série policial 'Jogo de Damas', em 1984; e o faroeste 'Hawkeye', em 1994. Mas foi nos bastidores e retornando ao universo da música em que melhor se encontrou.

E... POR ONDE ANDA?

Ativista pelos movimentos LGBT e feministas, fundou sua própria produtora, a Lynda Carter Productions, tendo o objetivo de dar às mulheres melhores oportunidades de trabalho. Realizou alguns shows cantando algumas músicas autorias que lançou em seus álbuns durante os anos e estrelou alguns musicais, como 'Chicago'. Seu CD mais recente é 'Crazy Little Things', lançado em 2011. Carter também emprestou sua voz para algumas personagens femininas em videogames

Em 2013, durante entrevista para a apresentadora Oprah Winfrey, revelou que passou por complicados momentos devido sua dependência ao álcool. Tudo começou após seu primeiro marido ter sido processado por fraude bancária. Por pouco, Lynda não foi presa junto com o esposo. Em 1998, se internou em uma clínica de reabilitação para se livrar da dependência e para tratar uma depressão.

Com atriz, esteve na refilmagem de 'Os Gatões: Uma Nova Balada' (2005) e na aventura ' Escola de Super-Heróis' (2005), onde fez uma piada com seu passado quando em uma cena diz: "Não sei mais o que fazer com vocês, crianças. Não sou a Mulher-Maravilha.". Na TV, participou de séries como "Two and a Half Men' e a mais recente na série 'Supergirl', na qual interpretou a Presidente Olivia Marsdin no primeiro episódio da segunda temporada. Ela também estará no filme 'Super Troopers 2', com estreia prevista para este ano.

Atualmente, com 65 anos, esta casada e é mãe de dois filhos do seu primeiro casamento.

Gal Gadot (A nova Mulher-Maravilha) e Lynda Carter (A Clássica Mulher Maravilha) juntas na pré-estreia do novo filme da heroína.

Share on Google Plus

About Leonardo Marques

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.

0 comentários :

Postar um comentário