PO CURIOSIDADES :: A Vigilante do Amanhã: Ghost in the Shell!

Mangá + Adaptação cinematográfica?! Da certo? É o que veremos em A Vigilante do Amanhã: Ghost in the Shell, que estréia amanhã, 30 de março, nos cinemas.

O filme conta com nossa querida Viúva Negra em seu elenco, Scarlett Johansson interpreta a ciborgue Motoko Kusanagi, que possui experiências militares e comanda um esquadrão de elite focado em combater crimes cibernéticos.

Em homenagem ao filme, traremos 10 curiosidades sobre o filme, o mangá, os bastidores e tudo mais o que você imaginar! Se liga ai robozão.

Scarlett Johansson e Margot Robbie
1ª: Viúva Negra, Lucy, atriz mais lucrativa do mundo... E você colocando "pacote Office completo" no seu currículo. Brincadeiras a parte, que a linda da Scarlett manda muito bem a gente já sabe, mas que ela não foi a primeira cotada para o papel em A Vigilante do Amanhã é novidade, não? Pois é, adivinha quem atuaria no lugar dela... Outra queridinha do público, Margot Robbie! Bom, já sabemos que o papel estaria, em qualquer das opções, em ótimas mãos.


2ª: Pra quem não conhece o mangá em questão, o filme foi baseado na obra de Masamune Shirow, intitulada Ghost in the Shell (conhecido como O Fantasma do Futuro, no Brasil), que traz no papel principal a, já citada a cima, Motoko, ou Major, como é conhecida na adaptação para o cinema. A ideia do mangá é passar uma história futurística entre corpo e alma. Motoko possui membros sintéticos e um cérebro humano. O título traz a palavra Ghost, que simboliza a alma e a palavra Shell, que em inglês significa concha, representando o receptáculo em que a alma habita. 

3ª: O Mangá, para aqueles que não estão familiarizados, são histórias em quadrinhos japonesas. Como você já deve ter associado, Motoko é japonesa, o que gerou muita polêmica com a escalação de uma atriz ocidental para o papel principal. O caso foi retratado pela mídia como mais um de "whitewashing", que é definido quando atores e atrizes brancos interpretam personagens de origem não-branca. 

4ª: Na adaptação de 2017, os diretores decidiram trocar o nome de Major Motoko Kusanagi, personagem principal, para Major Mira Killian, com a justificativa de "atrair mais o público". Atitude que os fans do mangá não gostaram muito.

5ª: Pra quem conhece muito bem a história original, conhece também o vilão Puppets Master, destaque e querido dos fans, porém, que não será tão utilizado no filme, garante o diretor. A opção da equipe foi para poupar o personagem tão importante e deixa-lo para os próximos filmes. "Nossa ideia é trazer um personagem novo, com referências a obra original." disse o diretor, a respeito de um novo antagonista.

6ª: Controversa ou não, nas primeiras impressões do filme notamos o cuidado dos diretores com a personagem principal. O foco nos efeitos especiais e na maquiagem trazem uma boa semelhança com o mangá, como podemos ver na foto ao lado, onde Major retrata bem a personagem japonesa.

7ª: Não é a primeira vez que o mangá é adaptado para o cinema. Em 1995, o diretor Momoru Oshii trouxe para as telinhas a história de Motoku, porém em forma de animação. A obra foi bem recebido pelos fans, mas não retratava a cidade em que se passava a história muito bem. O filme possui 8/10 no Imdb.

8ª: Uma curiosidade aprofundada sobre o nome do mangá traz a ideia de "Ghost in the Machine", um termo utilizado por Arthur Koestler, que retrata a relação mente-corpo.


9ª: A história original é bem conhecida pela discussão entre a relação entre o ser humano e a maquina e como elas serão muito presentes em um futuro próximo (já são bem presentes, hahah). Porém, mesmo sendo um ponto crucial do mangá, o filme não abordará tanto este tema. De acordo com os diretores, a produção será focada no passado da protagonista, deixando-a no centro da história.

10ª: A preocupação com os detalhes está presente desde o início da produção, tanto que os diretores foram a procura de Weta Workshop para trabalhar no design do filme. Weta também esteve na produção de O Senhor dos Anéis. Nos trailers revelados até então, a personagem Geisha, interpretada por Rila Fukushima, utiliza uma máscara desenhada por Workshop, que é baseada em seu próprio rosto.

Bom, resta assistir o filme e ver o quão fiel e bom ele pode ser!
Share on Google Plus

About Marcos Vinícius

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.

0 comentários :

Postar um comentário