TEM NA NETFLIX :: O expresso do amanhã


Snowpiercer, traduzido para o brasil como O expresso do amanhã é um filme lançado em 2013 e o primeiro em língua inglesa dirigido pelo sul-coreano Joon-Ho Bong. Baseado na HQ francesa  Le Transperceneige, que narra um futuro pós-apocalíptico onde uma tentativa fracassada de parar o aquecimento global gerou uma segunda era glacial  que congelou tudo na Terra. Os últimos humanos sobreviventes vivem a bordo de um trem onde os vagões são separados por classe social, os mais pobres vivem em condições miseráveis de trabalho no fundo do trem para sustentar o luxo dos mais rico que moram mais a frente.

A história em quadrinhos que inspirou o filme.
O filme tem um elenco cheio de figuras conhecidas: O protagonista é Curtis, vivido pelo Chris Evans que você deve conhecer pelo papel de Capitão América. O personagem se vê em uma situação em que acaba se tornando o líder da rebelião dos trabalhadores, que decidem atravessar o trem até invadirem os vagões principais. Mas não espere outro filme de herói aqui, o ator encarna um dos personagens mais viscerais da sua carreira. Tudo nesse filme é muito cru, violento e claustrofóbico. Mas não desanime, a agonia que esse filme proporciona no público é maravilhosa
Além de Evans, no elenco nós temos também a brilhante Tilda Swinton como uma das antagonistas, ela está tão desajeitadamente cruel que é impossível não roubar a cena quando aparece. Além de outros grandes nomes como Jamie Bell (Billy Elliot), John Hurtt (Harry Potter, O homem elefante), Ed Harris (O show de Truman) e a "oscarizada" Octavia Spencer (Histórias cruzadas).
E não é só de Hollywood que estamos falando aqui, há também grandes artistas de outras etnias. Assim como o diretor, o interprete do personagem Namgoong, Kang-ho Sung era muito conhecido na Coréia do Sul antes de estrear nos Estados Unidos com esse filme, ele em conjunto com a atriz Ko Ah-Sung, vivem um dos dramas secundários mais interessantes: um pai e uma filha dependentes químicos que se tornam essenciais na rebelião.
Alguns membros do elenco.


O expresso do amanhã é um filme brutal, mas ao mesmo tempo impressionante visualmente. Há cada vagão avançado, nós temos uma nova ambientação espetacular. Destaque para uma cena de luta realizada apenas com as luz das tochas que os rebeldes carregam. Uma curiosidade é que o diretor escolheu filmar tudo realmente usando só a luz do fogo, o que rendeu um resultado de fazer cair o queixo. Também vale a pena ressaltar a cena do vagão escola, que pessoalmente, julguei umas das mais pesadas do filme, não pela sua violência, mas por mostrar como a noção hierarquia passada pela professor alienava as crianças desde bem jovens.

Infelizmente, as poucas cenas que mostram o mundo exterior congelado não são tão bonitas quanto as do interior dos vagões, principalmente porque os efeitos práticos se tornam muito melhor trabalhados do que os efeitos de computação gráfica, mas isso é uma questão que nós relevamos por não ser um filme de orçamento monumental.Algumas metaforas também podem parecer um pouco batidas, mas são inseridas em um contexto tão impressionante e cativante que o saldo positivo é muito maior que o negativo. O expresso do amanhã é um daqueles longas que transcendem a tela do cinema, e causam sensações tão distintas que a obra com certeza vai se tornar uma grande experiência de tirar o fôlego.


Leia também: Chris Evans de A á Z
Share on Google Plus

About Bruna Cagnin Fernandez

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.

0 comentários :

Postar um comentário