PO TOP:: Produções brasileiras famosas

As produções brasileiras se mostram muito fortes e ganham cada dia mais a visibilidade do público, a bola da vez é a série original da Netflix, 3%, que conta com um elenco totalmente nacional. A série, de ficção científica, se passa em um mundo onde todas as pessoas que completam 20 anos podem se inscrever em um processo seletivo que os levará a um "novo mundo", com diversas oportunidades e promessas de uma vida melhor. Apenas 3% das pessoas são aprovadas para ingressarem nessa área.

Sabendo disso, a lista de hoje traz outras grandes produções nacionais que fizeram muito sucesso!

Abrindo com a classe e irreverência de Renato Aragão, o filme Os trapalhões nas Minas do Rei Salomão (1977) aparece com números incríveis:

Público: 5.786.226
O filme dirigido por J. B. Tanko, é o maior público de uma produção dos trapalhões e foi baseado em contos das "Mil e Uma Noites".

Sinopse: A malandragem começa quando Pilo (Didi) e Duka (Dedé), amigos, simulam brigas simuladas em praças públicas, enquanto Fumaça (MUssum) recolhe as apostas. A jovem Glória (Monique Lafond) acredita que os caras são corajosos e os contrata para uma expedição às minas do Rei Salomão, onde o pai dela, o arqueólogo Aristóbulo (Carlos Kurt), é prisioneiro.


O próximo filmaço de nossa lista é uma grande produção do diretor Daniel Filho, Se Eu Fosse Você 2 (2009) é a continuação do sucesso de Tony Ramos e Glória Pires.

Público: 6.112.851
O filme é o primeiro nacional a ultrapassar a marca dos 6 milhões de espectadores!

Sinopse: Cláudio (Tony Ramos) e Helena (Glória Pires) estão prestes a se separar, o que faz com que ele passe a morar na casa de Nelsinho (Cássio Gabus Mendes). Porém, após a primeira reunião do divórcio, eles discutem em pleno elevador e, repentinamente, trocam de corpos mais uma vez. Isto faz com que ambos tenham que viver a vida do outro, tendo por experiência o que ocorreu anos antes. Paralelamente há a situação de Bia (Isabelle Drummond), filha do casal, que está grávida e não sabe como contar aos pais.

Público: 6.509.134
O filme é o primeiro nacional a passar a marca de 1 milhão de expectadores em uma semana de exibição, incrível mesmo!

Sinopse:  Carlos (Nuno Leal Maia) e Solange (Sônia Braga) se amam desde jovens e, após um casto namoro, se casaram. Na noite de núpcias, Solange se recusa a fazer amor com ele. O marido implora e sem sucesso, em um acesso de raiva, estupra a esposa. Solange afirma que o adora, mas nos meses que se seguiram ao casamento ela não pode ser tocada por Carlos. Para provar a si mesma que não é frígida, começa uma rotina diária de seduzir homens que ela nunca viu nem verá novamente e nem mesmo sabe seus nomes. Além disto, ela tem relações com o melhor amigo de Carlos e até mesmo com seu sogro (Jorge Dória). Carlos entende que ela é infiel e, armado, confronta Solange. Enquanto isso, ela busca ajuda psiquiátrica, pois não sente nenhum remorso.

A medalha de bronze vai para o filme que foi campeão em bilheteria até 2010, estamos falando do clássico Dona Flor e Seus Dois Maridos (1976)!

Público: 10.735.324
Dirigido por Bruno Barreto, o sucesso de Dona Flor foi tanto que a produção foi indicada ao Globo de Ouro de melhor filme estrangeiro, ao BAFTA de revelação para Sônia Braga e ainda foi refilmado nos Estados Unidos sob o título de Meu Adorável Fantasma (1982).

Sinopse: Durante o carnaval de 1943 na Bahia, Vadinho (José Wilker), um mulherengo e jogador inveterado, morre repentinamente e sua mulher, Dona Flor (Sônia Braga), fica inconsolável, pois apesar de ele ter vários defeitos, era um excelente amante. Mas, após algum tempo ela se casa com Teodoro Madureira (Mauro Mendonça), um farmacêutico que é exatamente o oposto do primeiro marido. Ela passa a ter uma vida estável e tranqüila, mas tediosa e, de tanto "chamar" pelo primeiro marido, um dia aparece wlw nu na sua cama. Então ela pede ajuda a uma amiga, dizendo que quase foi seduzida pelo finado esposo. Um pai de santo se prontifica a afastar o espírito de Vadinho, mas existe um problema: no fundo Flor quer que ele fique, pois há um forte desejo que precisa ser.

O vice-campeão da lista com uma folga de 400 mil expectadores é a obra prima do aclamado diretor José Padilha: Tropa de Elite 2 (2010)!

Público: 11.146.723
O número incrível é resultado de um ótimo trabalho e sincronia de Padilha e Wagner Moura!

Sinopse: Nascimento (Wagner Moura), agora coronel, foi afastado do BOPE por conta de uma mal sucedida operação. Desta forma, ele vai parar na inteligência da Secretaria de Segurança Pública do Estado. Contudo, ele descobre que o sistema que tanto combate é mais podre do que imagina e que o buraco é bem mais embaixo. Seus problemas só aumentam, porque o filho, Rafael (Pedro Van Held), tornou-se adolescente, Rosane (Maria Ribeiro) não é mais sua esposa e seu arqui-inimigo, Fraga (Irandhir Santos), ocupa posição de destaque no seio de sua família.

 A medalha de ouro vai para o filme mais recente da lista, Os Dez Mandamentos!

Público: 11.259.128
A adaptação da novela que marcou história na televisão brasileira trouxe aos cinemas mais de 11 milhões de expectadores!

Sinopse: Acolhido pela filha do faraó ainda bebê, Moisés cresce como príncipe do Egito, mas volta-se contra sua família adotiva em favor do sofrido povo de Israel, que por ele deverá ser conduzido à libertação. Adaptação cinematográfica baseada na Bíblia e na novela homônima da Rede Record, um dos maiores fenômenos de audiência dos últimos tempos da televisão brasileira.
Share on Google Plus

About Marcos Vinícius

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.

0 comentários :

Postar um comentário