05 FILMES :: Baseados em peças teatrais

19 de setembro é comemorado o dia nacional do teatro.
Para a data não passar em branco, separamos cinco filmes baseados em peças teatrais brasileiras.
Se lembrar de mais algum, não deixe de comentar:



A PARTILHA (2001)
Baseada na peça homonima de 1990, conta a história de quatro irmãs que, após alguns anos, se reunem para o enterro da mãe e discutir a partilha de bens. Entretanto, cada uma seguiu um rumo em sua vida e estas diferenças contrastam em suas decisões. Com isso, relembram grandes momentos em que passaram juntas e passam a se conhecer ainda mais.

DOIS PERDIDOS EM UMA NOITE SUJA (2002)
Baseado na peça teatral de Plínio Marco. Vivendo em Nova York, Paco (Débora Falabella), que é uma mulher que se chama Rita mas odeia ser assim chamada, tinha feito sexo oral com um "cliente" em um banheiro público. A situação saiu do controle, pois ele descobriu que Paco era uma mulher e ficou violento, e apenas não não piorou devido à interferência de Tonho (Roberto Bomtempo), que limpava o local e deixou o "cliente" desacordado. Paco aproveita a situação para roubá-lo, mas como tinha feito Tonho perder o emprego divide com ele o dinheiro. Eles então descobrem que ambos são brasileiros. Tonho, com saudades de falar português, convida Paco para ficar no seu "apartamento", que é na verdade um galpão abandonado. Tirando o fato de serem estrangeiros eles nada têm em comum. Enquanto Paco é uma pessoa bem determinada e agressiva, Tonho é humilde, mas está cansado de subempregos e quer voltar para o Brasil. Paco por sua vez sonha alto e quer se tornar uma mega popstar. Por falta de opção e necessidade eles vivem um cotidiano infernal, no qual Paco agride verbalmente Tonho praticamente o tempo inteiro. Esta convivência forçada de dois imigrantes que vivem à margem da sociedade irá revelar gradativamente a falta de esperança por uma vida mais digna.

LISBELA E O PRISIONEIRO (2003)
Adaptação da peça de teatro escrita por Osman Lins, traz a história de Lisbela (Débora Falabella), uma moça abaixonada por cinema e que vive sonhando com os astros de Hollywood. Após conhecer Leléu (Senton Mello), um malando conquistador recem chegado a cidade, se apaixona perdidamente acreditando viver um romance cinematografico. A não ser um problema: a donzela está noiva. Em meio as dúvidas, Leléu ainda precisa se esconder de um matador (Marco Nanini) que esta a sua procura devido ter roubado sua noiva.



TEMPOS DE PAZ (2009)
Adaptação da peça "Novas Diretrizes em Tempos de Paz", de Bosco Brasil, se passa em abril de 1945. Durante anos centenas de pessoas foram torturadas pelo regime de Getúlio Vargas mas, com a pressão externa decorrente do fim da 2ª Guerra Mundial, vários presos políticos ganharam a liberdade. Segismundo (Tony Ramos) é um ex-oficial da polícia política de Vargas que agora teme que suas vítimas resolvam se vingar. Ele trabalha como chefe da seção de imigração na Alfândega do Rio de Janeiro, tendo por função evitar a entrada de nazistas. Em uma averiguação habitual, ele interroga Clausewitz (Dan Stulbach), um ex-ator polonês que, por recitar Carlos Drummond de Andrade, lhe foi enviado por um subalterno. Para convencer que não é nazista, Clausewitz precisa usar todo o seu talento como ator.

MINHA MÃE É UMA PEÇA - O FILME (2013)
Baseado na peça teatral escrita e estrelada por Paulo Gustavo, vista por mais de um milhão de pessoas, conta a história de Dona Hermínia (Paulo Gustavo), divorciada e mãe de dois filhões. Trocada por uma mulher mais jovem e cansada de ouvir os filhos dizerem que ela é chata, resolve sair de casa sem avisar para ninguem. Na verdade, a saida é apenas para visitar uma querida tia e desabafar suas tristezas, mas isso já é motivo para desespero de todos.



Share on Google Plus

About Leonardo Marques

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.

0 comentários :

Postar um comentário