Especial HP - A Pedra Filosofal

 O ano era 1997, mas desde 1990 a escritora JK Rowling vinha tentando encontrar a melhor maneira de levar as prateleiras o mundo da magia, e conseguiu fazer perfeitamente.

Depois de muito procurar uma editora (10 no total) que estivesse a fim de publicar seu livro, a autora conseguiu com a, até então pequena Bloomsburry realizar seu grande sonho. A partir dai sua vida nunca foi a mesma.

O produtor, David Heyman estava procurando por algum livro que lhe desperta-se interesse para então levar as telas de cinema. Quando, ainda em 1997, leu Harry Potter e A Pedra Filosofal e simplesmente se apaixonou. Rapidamente convenceu a Warner Bros. que comprou os direitos de filmagens por 1 milhão.

Inicia a produção

Em 2001, deu-se inicio aquela que seria um marco na história do cinema. JK Rowling topou levar sua história para o cinema, porém tudo deveria passar por suas mãos antes de ser tomada a decisão final.

A escolha do diretor não foi simples. Nomes como Steven Spielberg, Terry Gilliam, Jonathan Demme, Alan Parker, Rob Reiner e Brad Silberling foram cotados para a direção que ficou com Chris Columbus por dois motivos: prometeu ser fiel ao livro e possuía experiência em trabalhar com atores jovens.

ElencoEscolhido o diretor é hora de escolher o elenco. Para essa escolha, Rowling colocou apenas um critério, que todos os atores fossem britânicos. As audições foram divididas em 3 partes: a primeira ler uma página inteira do livro “Harry Potter e a Pedra Filosofal”, depois improvisar uma cena da chegada dos alunos de Hogwarts e por último ler algumas páginas do script para Columbus.

Após 60 mil crianças serem testadas, Daniel Radcliffe foi a escolha. Porém seus pais foram relutantes em deixar o menino participar do filme, mas Colombus lhes garantiu que protegeria Daniel contra a invasão da mídia. Radcliffe recebeu £1.000.000 pelo filme.

Rupert Grint descobriu sobre os testes através de um programa de TV e, como já era muito fã da série fez de tudo para conseguir o papel. Sempre achou que tinha muito haver com Rony.

Emma Watson chegou até os testes através de seu professor de teatro em Oxford que entregou seu nome aos produtores. A equipe ficou impressionada com a seriedade e auto-confiança que a pequena mostrava e tiveram certeza que ela seria uma ótima Hermione.

Robbie Coltrane, o Hagrid, sempre foi a escolha de JK Rowling para o papel. Coltrane, era fã dos livros e aceitou de imediato. Maggie Smith (Minerva McGonagall) foi outra escolha pessoal da autora. Richard Harris inicialmente rejeitou o papel de Alvo Dumbledore, mas seu neto o ameaçou de não conversar com ele se não aceita-se. Sorte nossa.

Gravações
A ideia era usar a Catedral de Gloucester para alguns cenários do filme, porém alguns protestos foram enviados aos jornais locais sobre blasfêmia e ameaçando a equipe de realizar seu trabalho no local.

Então, a maior parte foi filmada no Castelo de Alwick , Harrow School, a Catedral de Durham e partes da Universidade de Oxford. Sem contar alguns sets contruidos nos Estúdios Leavesden.

A Plataforma 9 ¾ foi realmente filmada na verdadeira estação de King’s Cross. Como também o Zoológico de Londres.

Algumas cenas tiveram que ser filmadas duas vezes. Tudo porque apenas nos estados os unidos o filme se chama “Harry Potter and the Sorcerer’s Stone. Então, todas as cenas que a pedra era mencionada tiveram que ser filmadas em duas versões”.

Estréia
No dia 4 de Novembro de 2001 chega as salas de cinema do Reino Unido o esperado Harry Potter e a Pedra Filosofal. O filme se tornou a segunda maior bilheteria da história no pais.

O primeiro longa conta a história de Harry Potter é um garoto órfão que vive infeliz com seus tios, os Dursley. Prestes a completar 11 anos ele recebe uma carta que mudará sua vida: um convite para ingressar em Hogwarts – famosa escola especializada em formar jovens bruxos. Seus tios não querem nem ouvir falar no assunto, mas a visita de Hagrid, o guarda-caça de Hogwarts, transforma a vida de Harry para sempre. A partir de então o pequeno bruxo conhece um mundo mágico que jamais sonhara, descobre mais sobre sua história e vive incríveis aventuras ao lado dos novos amigos, Rony Weasley e Hermione Granger.

O filme também bateu records nos EUA e no Brasil, se tornando por aqui a maior estréia, na época, em um final de semana. A Pedra Filosofal faturou $974 milhões se tornando atualmente a oitava maior bilheteria da história.

 Conclusões Finais de um Fã
Consigo me recordar, eu com 10 anos fiquei sabendo de um filme sobre magia que estava fazendo o maior sucesso mundialmente. Enche muito o saco da minha mãe para que me leva-se ao cinema porque queria saber mais o que era.

A sala estava completamente lotada. Cidade do interior, tinha até pessoas sentadas na escada para ver o filme. Então começou, e o filme foi me prendendo, me levando, querendo estar naquele mundo, querendo ser Harry Potter. Eu, criança, sai do cinema encantado e, mais do que tudo loco para fazer 11 anos e também receber um carta de Hogwarts.

Moral da história: cresci, hoje tenho todos os livros de Harry Potter e também todos os DVD, me apaixonei pela história ainda mais, mas em nenhum momento perdi as esperanças de receber a tão esperada carta.
Share on Google Plus

About Leonardo Marques

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.

1 comentários :

  1. Bem que eles poderiam criar aldo go gênero para agradar a mulecada.
    Não eis o unico a ter essa esperança!

    Força que um dia ele chega =)

    ResponderExcluir