PO Entrevista - Guilherme Zimmer

O que se pode esperar de uma pessoa que tem na lista de filmes preferidos o longa Chicago?! Só coisas boas.
Exatamente isso que Guilher Zimer, dono dos blogs Acervo do Cinema e Blog Cine nos mostra na entrevista de hoje.
Confira:

Nome completo:
Guilherme Zimer
Idade: 26
Cidade: São Paulo
Blogs: Acervo do Cinema e Blog Cine

Gênero de filme preferido...
Gosto mais de dramas e animações, mas assisto de tudo, só não gosto de ação, acho o gênero já muito saturado e repetitivo.

Ator preferido...
Jim Carrey e Colin Firth são nomes que me fazem assistir um filme se eles estão no elenco.

Atriz preferida...
Reese Witherspoon e Nicole Kidman, acho as duas atrizes muito competentes tanto para o drama quanto para a comédia.

Melhor filme já visto...
A lista é imensa, pois cada um marca de um jeito, mas os que não me canso de ver são Parque dos Dinossauros, A Lenda do Cavaleiro Sem Cabeça, Moulin Rouge, Chicago, Os Outros e Johnny e June.

Pior filme já visto...
Também são vários, mas o último que vi e detestei foi Scott Pilgrim Contra o Mundo. Já vi críticas favoráveis a ele, mas devem ser pessoas fanáticas pelos personagens. Para quem nunca ouviu falar nessa história, o filme acaba parecendo uma misturada de referências sem sentido. Tentei ver duas vezes, mas foi duro prender a atenção.

Último filme visto...
No último fim de semana revi Stigmata porque estava lendo uma revista antiga que elogiava a produção. Já tinha visto ele logo que saiu no VHS, mas revendo continuo com a opinião de que a capa do DVD e o trailer são bem melhores que o filme todo. Um título razoável e que serve para passar o tempo.

Se pudesse ser um personagem de um filme qual seria?! Por quê!?
Acho que gostaria de ser James Matthew Barrie, o escritor que Johnny Depp viveu no filme Em Busca da Terra do Nunca porque adoro escrever e criar histórias. As vezes me perco nos pensamentos como ele.

Qual música seria a trilha sonora de sua vida?!
Uma música que me marcou foi You’ll Be in My Heart do filme Tarzan da Disney. Acho a melodia muito bonita. Na verdade não ligo muito para músicas, gosto mais das canções compostas para ficar como plano de fundo que muitas vezes passam despercebidas. Destaco as trilhas instrumentais dos filmes Chocolate e A Troca, são muito bonitas e agradáveis.

Uma frase de algum filme que leva pra sua vida...
Não me recordo de nenhuma frase marcante infelizmente. Lembro que as últimas frases do filme A.I. - Inteligência Artificial me emocionaram muito. Era um belo discurso narrado enquanto o menino robô aproveitava suas últimas horas com sua mãe.

Se pudesse escolher, escolheria qual diretor para dirigir sua vida?!
Escolheria Lasse Hallstrom, diretor de filmes como Chocolate e Regras da Vida. Ele consegue dar vida e emoção para pequenas passagens da vida dos personagens e transformar em belíssimos filmes.

Como foi ser entrevistado pelo Parada Obrigatória?!
Eu adorei o convite, fiquei até surpreso quando recebi o email. Acho importante que exista essa aproximação entre os escritores de blogs. Para quem escreve sobre cinema, os blogs se tornaram ferramentas importantes para trocar informações e exaltar a paixão que temos por filme, um produto que infelizmente tem sido tratado como uma mera mercadoria no ambiente virtual e nas ruas do país todo. Percebo que conforme o tempo passa os leitores e escritores acabam criando uma rede de relaciomentos muito legal e a entrevista ajuda nessa aproximação para conhecermos um pouco mais de cada um.
Share on Google Plus

About Leonardo Marques

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.

4 comentários :

  1. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  2. Blogero do caraleo31 de março de 2011 01:13

    É que o blog ia fica carregado, mas ce acha que esse aqui nao ia colocar download ilegal de filme aqui? Claro que ia...

    ResponderExcluir
  3. Bloqueira a favor do Leo31 de março de 2011 01:13

    FDP!

    ResponderExcluir
  4. Blogero do caraleo31 de março de 2011 01:13

    Ai nao desculpa Leonardo, me perdoa...

    ResponderExcluir