Retrospectiva 2008 - Janeiro

Globo de Ouro...
a Novela

No dia 03 de Janeiro, o sindicato dos roteiristas de Hollywood planejavam um protesto durante a cerimônia do Globo de Ouro. A greve havia começado em Novembro de 2007. O comunicado foi feito oficialmente pelo sindicato.

No dia 08, uma noticia surpreendente. A 65ª cerimônia do Globo de Ouro deste ano havia sido cancelada.

De fato, a decisão foi tomada por causa greve de roteiristas de Hollywood, cujos protestos seriam divulgados na cerimônia, que tem grande audiência na TV norte-americana. Cogitou-se a possibilidade da NBC não transmitir o evento, mas os organizadores optaram por cancelar totalmente a badalada cerimônia.

E sem grandes propagandas, em uma simples premiação televisionada e sem a badalação das tradicionais cerimônias do Globo de Ouro, a Associação de Imprensa Estrangeira de Hollywood (HFPA) entregou na madrugada do domingo (13/1) as estatuetas dos vencedores da 65ª edição do prêmio.

E a estatueta foi para:


CINEMA
Melhor Filme - Drama:Desejo e Reparação)
Melhor Filme - Comédia ou Musical:Sweeney Todd - O Barbeiro Demoníaco da Rua Fleet)
Melhor Diretor: Julian Schnabel (O Escafandro e a Borboleta)
Melhor Roteiro: Ethan e Joel Coen (Onde os Fracos Não Têm Vez)
Melhor Ator - Drama: Daniel Day-Lewis (Sangue Negro)
Melhor Ator - Comédia ou Musical: Johnny Depp (Sweeney Todd - O Barbeiro Demoníaco da Rua Fleet
Melhor Atriz - Drama: Julie Christie (Longe Dela)
Melhor Atriz - Comédia ou Musical: Marion Cotillard (Piaf - Um Hino ao Amor)
Melhor Ator Coadjuvante: Javier Bardem (Onde os Fracos Não Têm Vez)
Melhor Atriz Coadjuvante: Cate Blanchett (Não Estou Lá)
Melhor Canção Original: Guaranteed, de Na Natureza Selvagem
Melhor Filme de Animação: Ratatouille
Melhor Trilha Sonora: Dario Marianelli, de Desejo e Reparação
Melhor Filme em Língua Estrangeira: O Escafandro e a Borboleta


TELEVISÃO
Série Dramática: Mad Men
Atriz Dramática: Glenn Close, por Damages
Ator Dramático: Jon Hamm, por Mad Men
Série Musical ou Comédia: Extras
Atriz de Musical ou Comédia: Tina Fey, por 30 Rock
Ator de Musical ou Comédia: David Duchovny, por Californication
Minissérie ou Filme de Televisão
: Longford (HBO)
Atriz de Minissérie ou Filme para Televisão: Queen Latifah, por Life Support
Ator de Minissérie ou Filme para Televisão: Jim Broadbent, por Longford
Atriz Coadjuvante de Série, Minissérie ou Filme para Televisão: Samantha Morton, por Longford
Ator Coadjuvante de Série, Minissérie ou Filme para Televisão: Jeremy Piven, por Entourage


Smith no Brasil

No dia 13 também, Will Smith desembarcou no Brasil, mais especificamente no Rio de Janeiro, para a divulgação de seu novo filme, Eu sou a Lenda. Que tem a atriz brasileira Alice Braga no elenco.

O astro foi super simpático. Atendeu aos fãs e fotógrafos que o aguardavam no aeroporto internacional Tom Jobim.

Na coletiva de imprensa, ocorrida na manha do dia 14, Smith declarou uma enorme paixão pelo país. "Eu e Akiva (roteirista do longa) estamos aqui há dois dias e estamos 100% certos de que queremos fazer um filme aqui", comentou o ator.


Operado às pressas

O ídolo adolescente, Zac Efron, passou por uma cirurgia de emergência por causa de uma apendicite no dia 15 de Janeiro deste ano. Ele foi internado no hospital Cedars Sinai Medical Center, em Los Angeles,

Ao chegar ao hospital, Efron foi levado imediatamente para a sala de cirurgia onde teve seu apêndice retirado. O galã se recuperou super bem. Apesar do susto, o processo cirúrgico correu tranqüilamente.

Morte (Brasil)

No dia 21, uma segunda-feira, o Brasil foi surpreendido logo pela manhã com uma noticia nada agradável.

O Ator Luiz Carlos Tourinho faleceu em decorrência de aneurisma cerebral.

Tourinho ficou conhecido por interpretar Franco, no seriado Sob Nova Direção. Nas telonas, fez Tainá - Uma Aventura na Amazônia (2001) e dois filmes da Xuxa: Xuxa e os Duendes 2 - No Caminho das Fadas (2002) e Xuxa e o Tesouro da Cidade Perdida (2004).

O ator era solteiro, sem filhos e morava com a mãe Edna. Tinha 43 anos.


Morte (EUA)

No dia seguinte (22/01/08), foi os EUA que perderam um grande astro.

Heath Ledger, de 28 anos, foi encontrado morto em um apartamento do edifício SoHo, em Nova York. Uma empregada foi quem o viu primeiro e chamou as autoridades responsáveis.
Porém, o motivo da real morte de Ledger ainda continuava sendo um grande mistério.

Mistérios:

- Acreditava-se que o apartamento seria de Mary-Kate Olsen, mas isso depois foi desmentido pela assessoria da atriz.
- A polícia descobriu que a massagista Diana Wolozin, ao descobrir o corpo do ator por volta das 14h25 (hora local), ligou para Mary-Kate do celular de Ledger, pedindo ajuda. Segundo seu depoimento, ela sabia que os dois eram amigos. A atriz disse a ela que chamaria os seguranças para ajudá-la. No telefonema seguinte, a massagista avisou que ela mesma ligaria para o serviço de emergências, o 911. O resgate chegou no apartamento de Ledger ao mesmo tempo que os seguranças chamados por Mary-Kate Olsen.
- Segundo Paul Browne, porta-voz do Departamento da Polícia de Nova York, foram encontrados vários comprimidos ao lado do corpo.
- Em entrevista ao jornal New York Times de 4 de novembro de 2007, Ledger revelou que as filmagens de Batman - O Cavaleiro das Trevas o deixaram física e mentalmente exausto. Por isso, ele teve de passar a tomar pílulas para conseguir dormir. O medicamento, de nome Ambien, pode ser fatal se ingerido em excesso ou misturado com álcool.

Amigos:

De acordo com o site US Magazine, uma fonte anônima muito próxima ao ator afirmou que, mesmo muito triste, tinha de reconhecer que o fim do amigo estava próximo e revelou que Ledger estava passando por uma situação difícil e dolorosa na tentativa de ficar sóbrio.

O amigo ainda disse que a situação de Heath Ledger era negra e, infelizmente, não buscou ajuda a tempo. Sua única alegria era Matilda, a filha de dois anos que teve com a atriz Michelle Williams.

Um final... Sem final:

O corpo do ator australiano foi enviado à Austrália no domingo (27/1), após um velório privado em Los Angeles. A autópsia no corpo do ator foi inconclusiva.


E o ano...
Não entrou!

O Ano Em Que Meus Pais Saíram de Férias, de Cao Hamburger, ficou fora do 80º Oscar.

O filme perdeu para Mongol (Cazaquistão), 12 (Rússia), Beaufort (Israel), The Counterfeiters (Áustria) e Katyn (Polônia).

Share on Google Plus

About Leonardo Marques

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.

0 comentários :

Postar um comentário