De A á Z - Dercy Gonçalves - parte 2

Perdeu a parte 1? Clique aqui.
Mambembe - Recebeu, em 1985, o Troféu Mambembe, numa categoria criada especificamente para homenageá-la: Melhor Personagem de Teatro, que, em setenta anos de carreira, não tinha conquistado nenhum prêmio por seu desempenho de atriz.

Noiva - Mocinha ainda, ficou noiva. Sem nunca ter dado um beijo na boca. Mas assim mesmo a perseguiam, por causa das pinturas. E foi após uma briga com o pai, que desfez o noivado e engajou-se na Companhia de Maria Castro, de teatro, cantando.

Olhos - Gostava também de imitar atrizes da época, como Theda Bara, Pola Neri. Essas "atrizes-prostitutas" da época eram seus ídolos. E, como elas gostavam de se pintar. Mas improvisava tudo, com carvão, com papel crepom colorido. Assim realçava os olhos e a boca. O pó de arroz era alvaiade. Não tinha dinheiro para comprar nada. Era inteiramente inocente, mas era "falada".

Paschoal - conheceu Paschoal, a quem não amava, mas respeitava e com quem ficou casada, mas "como irmão". Dai fez dueto: "Os Paschoalinos", e viajaram por todas as cidades, como Jaboticabal, Rio Preto, Belo Horizonte.

Querer... - Quando perguntada sobre os nomes das peças que fez, responde: "Isso é querer muito, minha filha. Mesmo porque eu sempre mudei o nome das peças. Eu não tenho que dar satisfação a ninguém. Sou eu que "banco" os meus espetáculos, e eu que escrevo as minhas peças. É tudo feito às minhas custas".

Rabo - Sua biografia se intitula Dercy de Cabo a Rabo (1994), e foi escrita por Maria Adelaide Amaral.

Sucesso - Seu grande sucesso foi em "Casa de Caboclo", e passou a ter o nome nas portas dos teatros. Cantou "A Serra da Mantiqueira", com muito sucesso. A garota Dercy nem percebia seu próprio valor. Tudo o que queria era cantar, era dançar, era ser feliz, era viver.

Túmulo - Construiu um túmulo do lado de fora do cemitério de Madalena, porque dentro não cabia. O mausoléu tem 120 metros quadrados de mármore em forma de pirâmide. "Hoje a cidade me aplaude. Até museu fizeram para preservar a minha história”.

Unidos - Em 1991, foi enredo ("Bravíssimo - Dercy Gonçalves, o retrato de um povo") do desfile da Unidos do Viradouro, na primeira apresentação da escola no Grupo Especial das escolas de samba do Carnaval do Rio de Janeiro. Na ocasião, Dercy causou polêmica ao desfilar, no último carro, com os seios à mostra. “Não podia levantar o braço na passarela. Arriei e fui dançando e cantando. Tinha os seios lindos naquela ocasião. Mostrei. Houve gritaria, escândalo, mas por quê? Os seios são a coisa mais linda na mulher".

Vereadores - Em 4 de Setembro de 2006, aos 99 anos, recebeu o título de cidadã honorária da cidade de São Paulo, concedido pela câmara de vereadores desta capital

Walter - Trabalhou com o pai do Walter Pinto, e com ele também, em sua Companhia de Variedades.

X anos - Embora oficialmente tenha completado cento e um anos, Dercy afirma que seu pai a registrou com dois anos de atraso, logo teria completado 103 anos de idade. Como prova, em uma entrevista feita pelo Rodolfo, repórter do Domingo Legal, ela disse que teria uma irmã de apenas 4 meses de diferença.

Fra Zes“[...] Filho não gosta de mãe; é a mãe que gosta do filho. Eles crescem, ganham independência e passam a ter prioridades. [...]”

“Quem me criou foi o tempo, foi o ar. Ninguém me criou. Aprendi como as galinhas, ciscando, o que não me fazia sofrer eu achava bom.”

“Eu fiz 94 [anos], mas me digo que estou com 95 para me energizar e chegar lá. Escrevem o que eu digo: eu só vou morrer quando eu quiser! Não programo morte, eu programo vida!”


XYZ – Parece que no dia 19 de Julho de 2008, às 16h45, ela quis. Ela foi internada no Hospital São Lucas na madrugada do sábado dia 19 de Julho. A causa da morte teria sido uma complicação decorrente de uma pneumonia comunitária grave, que evoluiu para uma sepse pulmonar e insuficiência respiratória.
A imagem que fica em nossa memória é daquela Dercy que levantava as pernas, fazia graça para os fotógrafos e falava muitos palavrões.
Perdeu a parte 1? Clique aqui.
Share on Google Plus

About Leonardo Marques

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.

0 comentários :

Postar um comentário