Flash - Entrevista: Aaron Eckhart, o Harvey Dent de Batman - O Cavaleiro das Trevas

O site OMELETE fez uma entrevista exclusiva com o ator Aaron Eckhart. Marcelo Follani, de Londres, estava se dirigindo ao set de filmagens de Batman - O Cavaleiro das Trevas,quando decidiu dar uma paradinha em um hotel na área central de Londres, pertinho do Palácio de Buckingham. O ator que interpreta o Duas Caras no filme, entrou na sala tomando chá, hábito provavelmente adquirido quando ele morou na capital inglesa, como ele explica a seguir:

Bom dia. Como está?
Estou bem e você?

Está curtindo Londres?
Eu conheço bem Londres. Já trabalhei muito aqui e morei um tempo. Fiz os quatro anos do colegial aqui. É como voltar para casa. Eu adoro a Inglaterra. E as filmagens têm sido ótimas. Está sendo muito gostoso trabalhar nele. E muito é por causa do Chris [Nolan]. Ele é um ótimo diretor, um cara muito legal e que torna todo o processo muito prazeroso.

O que é o torna tão divertido?
Não tem uma coisa específica. Ele está sempre brincando, tem um ótimo senso de humor. E é um cara muito leal. Muitas das pessoas que estão aqui trabalharam em todos os seus filmes, como o diretor de fotografia [Wally Pfister]. Todo mundo se conhece muito bem. Chris e Christian [Bale] obviamente se entendem muito bem. É um set muito fácil de se trabalhar mesmo já tendo se passado 6 meses.

Em qual estágio de filmagens vocês estão?
Estou no estágio suicida. (risos) Falando sério. Estamos na fase final de filmagens. Mas este filme é tão grande – eu nunca tinha trabalhado em nada deste tamanho – que dá para você ir e vir. Aconteceu isso com vários atores. O elenco deste filme é fenomenal. Eu sempre sonhei em trabalhar com Gary Oldman. Ontem fiz uma cena com Chris que foi ótima. Muitas cenas também com Heath, Maggie... É toda essa grande coisa do Batman contra o Coringa.

O que te levou a aceitar o papel?
Foram vários motivos. Primeiro por ser um filme do Chris Nolan. Eu realmente acho que ele é um ótimo diretor. E depois pelas pessoas que estão ao seu redor: é uma ótima oportunidade de trabalhar com atores geniais, como Michael Caine, Gary Oldman...
É também uma oportunicade de estar em um grande filme. Eu já fiz alguns, que não foram tão bem, mas eu acho que esse aqui vai fazer muito sucesso. Também pela oportunidade de viajar mais um pouco ao redor do mundo, que eu adoro.
E ainda por cima eu tinha um ótimo personagem. Eu gosto muito dele. Se eu tivesse lido o roteiro e pensado “ah, é um personagem meio bobo, mas eu quero fazer um Batman...”, mas não foi nada disso. Eu li e adorei o personagem e vi que todo mundo tinha um ótimo papel. Por isso eu topei na hora!

Você contracena com todo mundo no filme?
Acho que sim. Todo mundo menos... uma pessoa. (risos). Só faltou essa pessoa.

O que você pode nos contar sobre os personagens?
Eu posso contar praticamente... nada. (risos). Mas posso dizer que eu sou Harvey Dent/Duas-Caras e isso já é muito! Meu personagem passa pela mudança. Você sabe, Harvey é o promotor público de Gotham City, que luta contra o crime. E daí alguma coisa acontece...

Você lia os quadrinhos do Batman? Já era um universo que você conhecia?
Eu cresci vendo a série do Adam West. Via todo dia quando chegava da escola. Adorava os “POW”, “BAM”. Pensar o que o Batman era naquela época e ver o que ele é hoje...

E temos o Tim Burton no meio, então é meio que uma evolução, não?
Quando o Batman do Burton foi lançado foi algo realmente visionário. Não sei se foi uma evolução natural ou não. É uma diferença muito grande. Enquanto os quadrinhos são mais sombrios, aquela série era bem leve.

Seu papel tem este perfil duplo de quem persegue a justiça e depois de um renegado. Você desenvolveu os dois personagens separadamente... como foi?
Não. Nos quadrinhos, por causa deste incidente em que ácido é jogado na sua cara, ele não se transforma em uma nova pessoa. Neste momento, ele começa a usar o que estava dentro dele e expressar tudo o que sentia antes, mas de uma forma diferente. Está vindo do mesmo lugar. Em outras palavras, a frustração que ele sentia como promotor, quando trabalhava com o Tenente Gordon e não conseguia resolver o caso, não conseguia pegar os mafiosos porque tinha que seguir as regras, não existem mais. Ele não precisa mais seguir a burocracia criada pelo governo. O alter-ego dele se liberta e começa a seguir seu inconsciente, ou subconsciente. Não há mais limites. Ele troca um código por outro.
Quando você vê esses filmes de “justiceiro”, em especial nas séries como Batman, é interessante notar que mesmo quando eles saem dos trilhos, eles estão indo atrás dos vilões. Eles não vão sair matando mulheres e crianças. O negócio dele são os mafiosos, os políticos curruptos, este tipo de gente. Então, acho que o sentido principal da justiça ainda está ali. O problema é como você a executa. E isso é o Harvey/Duas-Caras. Harvey Dent é um cara muito bom. Muito! Harvey/Duas-Caras, tem bons instintos, mas ele os manifesta de uma forma errada.
As pessoas sempre me perguntam como eu viro outra pessoa e isso é impossível, mesmo para um ator. Não importa quão distante seja o personagem da sua vida real, é impossível separar seus pensamentos próprios, seus sentimentos e tudo o que você viveu até aquele momento. O que você faz é separar algumas características do seu personagem e brigar para que as outras sejam desligadas por um tempo, procurando por trejeitos diferentes e tal. Tudo isso vem do mesmo lugar. Pode olhar nos grandes atores como Olivier, Hawpkins e outros gênios, eles criam estes personagens de formas completamente diferentes, vozes diferentes, mas que saíram do mesmo lugar.


Você já tem a sua moeda?
Eu já vi a moeda. Eu já usei a moeda. Sim. A moeda está no filme.

Você já jogou uma moeda para decidir algo importante na sua vida?
Sim, claro que sim. Quando você é moleque você está sempre apostando, seja jogando uma moeda ou no Jankenpô. Já Harvey joga a moeda por causa da aleatoriedade de coisas que aconteceram na vida dele. Ele passa a acreditar nessa aleatoriedade que vem da moeda. Algumas pessoas às vezes pensam que a vida funciona assim. Às vezes a vida pode ser tão despropositada que você não vê a lógica das coisas. Tudo o que se vê é caos. É muito simples. Ele teve ácido jogado na cara dele. (risos)

Falando do ácido, quanto tempo levava para você ficar pronto como Harvey/Duas-Caras?
Quem te disse que eu usei maquiagem? (risos) Leva uma eternidade! Eu não posso dizer muito. Duas-Caras ainda não apareceu muito na mídia e isso nos deixa bastante empolgados. Eu não quero revelar muito sobre a maquiagem ainda.

Você chegou a olhar a interpretação do Tommy Lee Jones?
Eu vi esse Batman há muito tempo e estamos fazendo de uma forma diferente. Não senti necessidade de voltar lá. Eu li muito dos quadrinhos. E não quero nem entrar neste detalhe de dizer quais eu li. Acho que sabendo que é um diretor novo, com um roteiro diferente, não há como comparar o meu personagem com o dele ou de outros Batmen.

Essa é uma versão bem mais dramática, né? Uma pá de cal no que Joel Schumacher fez.
Ah... [suspiro] Eu não estou brincando: você vai ver ótimas performances neste filme. De verdade! Acho que o Coringa está fantástico. Chris está com um ótimo roteiro em mãos e filmando do jeito que ele quer, se divertindo. Você está certo. Chris trouxe a um nível em que isso está virando um conto dos irmãos Grimm. Um rito de passagem para o que antes seria apenas um filme-pipoca.

Você acha que os fãs do Batman vão ficar satisfeitos?
Sim!

Por quê?
Porque eles gostam do Batman. Eu vou ser o melhor Duas-Caras? Não sei, mas fiz o melhor que eu pude. Mas quer saber? Os aficcionados pelo Batman vão devorar a história. Com toda a ação e a trama... eu acho que eles vão ficar bastante satisfeitos com o todo que estamos construindo.

Fonte: Omelete
Share on Google Plus

About Leonardo Marques

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.

1 comentários :

  1. olá,

    sou dos queridões.

    então sobre o pedido de parceria.
    eu aceito!
    mas, estamos com muitos banners e as pessoas estão reclamando pois demora pra abrir o site...
    vou colocar o seu blog como link, ok?

    me avise se aceitar a parceria!

    abraço, e parabens pelo blog!

    ResponderExcluir